Do Domínio & da Entrega

Nos entregarmos ao que sentimos pode ser uma tarefa tão difícil quanto os doze trabalhos de Hércules. Todo mundo procura estar no controle o tempo inteiro e a entrega vai em total desacordo com esse capricho que queremos da vida. Algo nos deixa extremamente vulneráveis quando começamos a aceitar e sentir uma coisa ou outra. O bom lutador sabe quando deve pendurar as luvas e repensar no que está fazendo e no que deve fazer.

A melhor parte de manter o controle sobre tudo é quando você o perde. Não se torna um descontrolado por fora, mas por dentro sabe que de nada é possuidor. Ninguém pode comprá-lo com ouro quando seu coração é feito dele, nenhuma violência o perturba e nenhum clarão de luz é capaz de cegá-lo. Você queria dominar tudo, mas sequer consegue dominar a si mesmo. Abrindo mão de estar no controle, você passar a dar o primeiro passo em direção ao domínio de si.

Basta uma nova ideia, um novo reflexo, uma nova palavra. Estamos aprendendo o tempo inteiro com as ironias da vida.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s