Antes de morrer, os relacionamentos adoecem (e SIM – os sintomas são claros)

Um relacionamento (e não me refiro aqui tão somente aos relacionamentos amorosos, mas a todas as relações de afeto) não simplesmente morre do dia para a noite, nem de velhice. Antes de chegarem ao derradeiro fim, os relacionamento adoecem.

Pense bem sobre os seus relacionamentos que morreram e você vai conseguir identificar os sintomas do adoecimento. As pessoas começam a ficar distantes, vão se importando um pouco menos, vão preferindo ficar sozinhas. Começam a contar pequenas ou grandes mentiras sem nenhum lapso de arrependimento ou medo de qualquer consequência. Esses são alguns dos principais sintomas do adoecimento que leva um relacionamento à morte.

Daí você me diz: “Mas eu tive um relacionamento que simplesmente acabou, do dia pra noite, sem nenhuma dessas coisas acontecerem”. A resposta é simples! Você provavelmente já ouviu histórias sobre pessoas que escondem suas doenças pelos mais variados motivos. Elas escondem também seus sintomas, para que ninguém descubra que elas estão doentes. O mesmo vale para um relacionamento: as pessoas simplesmente escondem os sintomas. Daí em um belo dia você simplesmente recebe aquele “BOOM”! Sim, é a chegada da morte, ainda que os sintomas tenham ficado escondidos por meses.

Sempre volte sua atenção para os sintomas e sinais. Não permita que a morte te pegue de surpresa. As coisas não simplesmente desaparecem… Elas dão sinais claros e explícitos de que vão desaparecer. Aprenda a ler nas entrelinhas.

Anúncios

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s