Dos tomates e de nossa natureza

Me disseram uma vez que ‘a grama não se esforça para crescer, ela simplesmente cresce’. Andei pensando sobre os tomates que crescem por aí e pelas frutas que caem das árvores quando estão prontas para serem devoradas. Elas não estão se esforçando. Elas simplesmente estão seguindo sua natureza.

Apanhei um tomate na geladeira. Ele é orgânico. O levo para minha boca e ele é significativamente mais saboroso do que todos os outros tomates que já provei na minha vida. O segredo para que ele crescesse e se tornasse mais saboroso é um só: deixe que ele cresça naturalmente. Interfira o mínimo possível e deixe que a natureza faça o seu papel. Ela nunca se esforça, ela deixa que tudo aconteça naturalmente.

Nós também fazemos naturalmente. Nascemos sabendo a comer, abrir os olhos, fazer nossas necessidades (não necessariamente a usar o banheiro), nascemos sabendo respirar, engolir. Tudo isso acontece naturalmente. Mas e todo o resto?

Nos desenvolvemos, de uma forma ou de outra, de modo natural. Somos a soma de todas as forças da natureza que agiram sobre nós. A nossa natureza por vezes é bondosa, caridosa, mas por outras vezes é nefasta quando nos tornamos vilões. Qual é a nossa verdadeira natureza? Talvez sejamos tão bons, quando sejamos maus.

E tudo o que eu quero dizer aqui é que você deve seguir a sua natureza, assim como fazem os tomates ou a grama que cresce. Interfira o mínimo possível. Não é sua natureza ser infeliz, mentir ou dissimular. Não é tua natureza nada disso. Tua natureza é te redescobrir, fazer diferente, fazer melhor. Não interfira no processo de se encontrar. Permita que ele aconteça naturalmente.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s