Todo mundo tem uma história. Você conhece apenas UM CAPÍTULO!

Você já parou para pensar que estamos sempre analisando e julgando os outros mesmo quando dizemos que não o estamos fazendo? Gostamos de desenhar as pessoas na nossa cabeça, de acordo com aquilo que observamos, mesmo que não tenhamos todas as informações e justificativas pelas quais as pessoas são aquilo que elas são e pelas quais elas agem da maneira que agem.

O outro lado é que as pessoas acabam também fazendo isso com você. Sim, elas te observam, te analisam, te detalham, falam sobre você nas mesas dos bares, na fila do mercado e até mesmo nas igrejas. Você claramente não deseja que alguém tenha uma visão distorcida sobre você mesmo(a), correto? Afinal, as pessoas não tem as informações pelas quais você é aquilo que você é ou por agir como você age.

Vivemos em um mundo de fofocas, de aparências, de banalidades e superficialidades. Parece que tentamos incessantemente preencher um vazio dentro de nós mesmos, como se nos justificássemos perante a própria vida. No fundo, gostamos de fingir que somos melhores que os outros, mesmo sabendo que não somos. A maior parte dos nossos vícios e segredos estão varridos para um canto de nossa mente que somente nós conhecemos.

 Cada pessoa tem uma história e essa história transformou a pessoa naquilo que ela é hoje. E você nunca irá conhecer a história por inteiro. Então como você poderia julgar ou analisar verdadeiramente alguém? É importante que você se lembre que você nunca sabe o que está acontecendo ou o que aconteceu verdadeiramente na vida de uma pessoa. Você nunca irá conhecer a história por inteiro. Nem as pessoas conhecerão a sua.

Nós somos um livro que somente nós podemos ler. Da nossa história, temos acesso a todos os capítulos, linhas e páginas, assim como todo mundo tem acesso irrestrito à história de cada um individualmente, mas nunca do outro. Por isso, quando estamos fazendo julgamentos ou análises superficiais, é indispensável considerar que não sabemos nada sobre o que realmente aconteceu até então. Só podemos analisar e julgar a nós mesmos, o que também pode ser algo não muito saudável.

Não tire conclusões precipitadas: todo mundo tem uma história. Você conhece apenas um capítulo!

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s