Por que nós estamos parando de ler?

Tudo bem que o brasileiro médio nunca foi um grande fã de literatura, mas parece que as coisas estão ainda piores. Uma pesquisa recente indicou que apenas 52% da população brasileira é leitora e esses indivíduos leem menos de 5 livros por ano. A indústria literária na França, embora em queda, ainda conta com uma população a qual abrange 88% de leitores, lendo em média 21 livros por ano.

Não vou entrar em questões culturais sobre o motivo pelo qual o brasileiro odeia ler (é cultural e histórico), mas quero abordar o fenômeno no qual vemos o nosso povo abandonando cada vez mais os livros. Eu mesmo, tenho lido muito menos. Antigamente, víamos as pessoas carregando seus livros para cima e para baixo, os lendo nos parques, shoppings, no transporte público. Parece que até mesmo nossa irrisória população leitora (aquela que realmente lê de modo crítico as informações contidas nos livros) está abandonando o hábito.

Atualmente, eu escrevo bem mais do que leio, embora compreenda que deveria ser o contrário. Lembro que eu sempre ia para a cama com um livro diferente e lia cerca de 6 livros por mês, de diferentes tamanhos, sobre diferentes assuntos da mais diversificada gama de autores. Você sabe o que eu levo para a cama agora? O meu telefone. Ele é a última coisa que eu vejo antes de dormir e a primeira coisa que costumo pegar nas mãos pela manhã. Há nem tanto tempo atrás, os livros cumpriam esse papel.

E, claro, as coisas não estão fáceis: quando vamos ficando mais velhos, passamos a viver uma rotina louca. Estamos cansados demais para começar um livro novo. Estamos estressados e transtornados demais para conseguirmos prestar atenção em uma história. Queremos ‘relaxar’ e geralmente fazemos isso com a Netflix ou com nossos celulares, vidrados em nossas telas. As livrarias estão fechando e parece não haver nada que possamos fazer sobre isso.

Leia também: VALE A PENA COMPRAR UM KINDLE?

Então, nós não ocupamos o espaço pequeno de nossas rotinas incessantes com os livros. Fazemos outra coisa, passamos o tempo de outra forma. Os livros vão ficando mais distantes. Quando os pegamos, não conseguimos nos concentrar. Há tanta coisa acontecendo em nosso redor que perdemos completamente o foco.

Mas, sem os livros, estamos verdadeiramente perdidos. É diferente ler um livro do que ler um artigo na internet. Recorra aos livros digitais, adquira um Kindle, imprima livros piratas ou de domínio público. Faça qualquer coisa, mas não abandone o hábito da leitura de vez. Não importa se as pessoas ao nosso redor detestam os livros, nós não podemos permitir que eles vençam. Pois, se permitirmos, estaremos cercados pela ignorância, destruindo todas as pontes que levam ao conhecimento.

E, se você assim como eu foi amaldiçoado com o “dom” de ser um escritor brasileiro, não pare, não desista. Precisamos de novos talentos, gente que realmente produza coisas novas. Não pense que todos os grandes e importantes livros já foram escritos. Confie em você.

A leitura está morrendo.

Somente nós podemos salvá-la.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s